segunda-feira, 24 de março de 2008

Mais pólvora seca na vitimização dos professores e a história dos telemóveis

com a treta dos que só agora descobriram como os ditos são umas vítimas, tadinhos. Bem estou eu que sobre esta Escola Pública ladro faz anos. Posto isto: engraçado como um video, sendo lamentável e inadmissível toda a situação retratada incluindo a incapacidade da Professora se fazer obedecer ou sequer respeitar, caiu no momento certo e, por acaso, ainda ninguem se lembrou dos bons e disciplinados alunos, que os há, e são vítimas destes outros e de muito docente incompetente que por aí anda. No meu caso, quase que fui devorado num Conselho de Turma por apontar aos tristes e pobres docentes as queixas de alunos, como a minha filha, que dizem só conseguir ter sossego nos intervalos porque as aulas são um manicómio. Pior, quando enquanto Pai tentei colocar em cima da mesa o problema da indisciplina. Pois é. Existente, na sala de aula. Em 90% dos alunos mas, também, com profes a andar por cima das secretárias e, também, a falarem, eles próprios, profes, ao telemóvel. Cartas a reportar a situação à DREN, sem resposta até hoje, naturalmente. ( E, sem questionar o lamentável e injustificável comportamento da aluna, tenho dúvidas, face ao que é hoje um telemóvel, algo muito pessoal, privado, íntimo, se será plausível confiscar o dito. Outra questão, ética, esta ). Para tanta azia, a minha, só mais um passo na estratégia de controlo e bufaria deste Governo, com as notificações das Finanças aos que casam. Inconstitucional, claro. E devassa da privacidade e outras ninharias no País salazarento e bafiento do engenheiro. Esta merda, desculpem lá, fedeeeeeeee! Como a Liberdade não se faz de censura. Dizem. Que não parece.

5 comentários:

hfm disse...

Só para agradecer e, embora, tardiamente desejar que tenha sido boa a tua Páscoa.

Thunder disse...

Eu preocupo-me bastante com todos os alunos: com aqueles que têm e com os que não têm "educação"! A indisciplina prejudica, não só o professor, como também os alunos que estão ali para aprender. Eu só tive um caso grave de indisciplina- mas também tenho poucos anos de leccionação- e convoquei uma reunião de pais, pois estavam a prejudicar bastante os alunos interessados em aprender.Os pais foram excelentes e juntos fizemos um óptimo trabalho.Mas há muitos casos em que os encarregados de educação nem se deslocam à escola para saber informações sobre o seu educando!!!
Na minha opinião, estão a tentar fazer parecer que os professores são inimigos e incompetentes. Estão a tentar fazer uma guerra entre encarregados de educação e professores.Eu acho que a chave do sucesso na educação é uni-los!Trabalhando juntos é que podemos educar!Porque pais são professores e vice-versa.

Neste caso da aluna, eu não teria reagido assim, mas também não sei o que se passou antes.Eu deixo os meus alunos com o telemóvel e só lhes peço para tirarem o som.Em casos excepcionais deixo-os atender, por exemplo se forem os pais a telefonar! Há que saber respeitar os alunos para que eles nos respeitem também!Sou professora nova, mas todos me respeitam!


Fiquem bem!

PintoRibeiro disse...

Um pouco de bom senso, finalmente.
Este também subscrevo.

PintoRibeiro disse...

( Mesmo se para educar estará a Família e ensinar a Escola e mesmo sabendo que, sendo quase impossível de provar, há professores incompetentes. Os resultados, de facto, dizem-no. Não as estatísticas inflacionadas de aproveitamento do M. da Educação ).

Thunder disse...

Concordo com o Pinto Ribeiro quando diz que há professores incompetentes, assim como em qualquer outra profissão!Mas não façamos disso o cruxificar de todos os professores.Por isso, acho bem que sejamos avaliados, mas não da maneira como querem!
Bjs.