quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Actualizações, que o tempo é pouco.




1. O País, parece, defende e bem a penalização para quem maltrata os animais. Concordo. Mas este é o mesmo País que ( com a restante modernidade europeia ) queria um dia contra a pena de morte mas legalizou e incentiva o Aborto. Valha-nos a Polónia, por uma vez. Aliás, ainda ontem, " jovens líderes europeus ", ( quem são? ), reunidos com o Ministro Santos Silva que aproveitou para reafirmar o seu apoio à diversidade sexual, assim como quem não quer a coisa lá disseram que campanhas que promovam a abstinência e a castidade, não. Ora pois, naturalmente.




2. Não menos curioso é ver a Justiça dar uma perna e um braço ao Sistema e insistir em fazer de Mário Machado o mártir político da extrema-direita. O Mário agradece, certamente, assim como o dito, o Sistema, mas não convence a maioria da Direita. Especialmente, sejamos claros, se em causa estão acusações de tráfico de droga, ( que essa do racismo não cola ), tudo se resume a motivos de pura criminalidade. Mais estranho quando deparamos com Pacheco Pereira a defender o Camarada Mário. ( Leiam mais, aqui e aqui). Em que ficamos? Malhas confusas e obscuras da nossa Democracia, pois.




3. Um escritor regicida e medíocre, mais um génio nesta terra de letrinhas, o Aquilino no Panteão. Será pelos antecedentes maçónicos? O fulano hoje acabava numa cela ao lado do Mário. Assim, até o esquizofrénico do Pessoa fica em lista de espera. Percebe-se, naturalmente.




4. Com o Médio-Oriente a arder e todos distraídos, pois, o Radtzinger não teve, e bem, tempo para a Rice. Alguem claro. A guerra anda perto. A guerra que o terrorista Bush, mal, diz que eu e quem aqui anda no blogue, apoiou no Iraque e no Afeganistão. Eu e o coitado do Povo Portugues. Devo andar noutro planeta. Ao certo o judeu Sarko deu o tiro de partida e a entidade sionista tem subido a parada. O costume. Assim como assim, já escrevia a judia Ruth Fischer, líder do KPD, Partido Comunista Alemão: " Quem luta contra o Capital judaico é já um combatente de classe. Abatam os capitalistas judeus, enforquem-nos nos candeeiros, esmaguem-nos! ". Não vou tão longe, que sou anti-sionista e não anti-semita. Mas, de racismo e assimilações ando farto. Leiam, sobre a genese da criação de Israel, estudem os acordos e negócios no holocausto, entre quem morria e vivia, feitos, por exemplo, entre o judeu Kastner e o SS Eichmann. Na génese de Israel está o racismo. Leiam Jabotinsky e a sua defesa da raça no sentido biológico do termo. Aliás, como Martin Buber a defender a pureza do sangue judaico. Dúvidas? Consultem a insuspeita Hannah Arendt a propósito das leis da nacionalidade israelita e a comparação que ela, judia, faz com a legislação racial nazi de 1935. Pois é...hoje acordei nacional-bolchevique, pronto.
( O tal de Iscolari levou 4 jogos. Não se podia aproveitar e mandar já para casa esse brasileiro que ofendeu o bom nome de Portugal? ).

11 comentários:

wind disse...

xiiiiiiiiiiiiiiii, nem comento.
bom dia e beijos para os 3*

Thunder disse...

Sou a favor da penalização para quem maltrata os animais e, também sou a favor da despenalização do aborto! Porquê? Para evitar o maltratar das crianças!!!

Beijos e um bom dia para todos.

PintoRibeiro disse...

K'mrd Thunder:
Os animais também defendo mas até esses não assassinam as crias. Matar formas de Vida humana, embriões, não é maltratar, certamente. É homicídio premeditado.
Bjinho.

Flávio Gonçalves disse...

Enfim, eu considero o Aquilino Ribeiro um herói nacional.

Fora isso, bom post.

Santos R. Queiroz disse...

Benfazeja sintonia, que muito me apraz. Sintonia neste combate aos acordes do Requiem que por nós, Portugueses e patriotas, querem tocar. Mas o nosso Jubilate está próximo!

Cumprimentos.

sonia r. disse...

Heróico é o nosso Povo. Ou foi-o.
Como vergonhasa e inexplicável é a atitude de Madaíl.
Bjinho.

Su disse...

passo deixando jocas maradas...sempre....cansada.eu

Opintas/Bernardo Kolbl disse...

Um grande post. E cada vez são menos, felizmente...eheheh....
Abraços.

Flávio Gonçalves disse...

Por falar em nacional-bolchevique, aquele partido comunista novo do Oskar La Fontaine anda a dar que falar na Alemanha, já chamaram o homem de nazi e tudo carago.

Um comunista já não pode ser bom comunista e defender o seu povo, o trabalho nacional e pedir que fechem as fronteiras aos imigrantes que é logo nazi.

Opintas/Bernardo Kolbl disse...

Pelo menos o Lafontaine foi sempre um adversário da anexação imposta à DDR pela Alemanha de Kohl.
Anexação porque o Povo, sempre esse empeçilho, nunca votou as regras da unificação e, vê-se hoje, o que a DDR queria era algo muito diferente. Mas o Povo fode-se quase sempre.

Flávio Gonçalves disse...

O Lafontaine faz parte do European Left Party, cujo representante português é o BE, e na Alemanha apela ao combate ao sionismo e ao fim da imigração.

O Zyuganov, do PCFR (ex PC União Soviética) defende a exaltação racial do eslavismo russo, o fim da imigração e fez parte do abaixo assinado para ilegalizar as associações judias na Rússia.

Em cima disso ainda levaram o KKK David Duke a dar palestras e a editar o livro "Supremacismo Judeu" na Rússia, é visitante habitual do PCP e da festa do Avante!

Carago, que em Portugal nem os comunistas aprendem nada, o Lafontaine e o Zyuganov deviam dar estágio aos burgessos do BE e PCP a ver se endireitam para o neo-comunismo (que é mais nacionalista revolucionário que o PNR).