quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Comemore-se, portanto. Os 90 anos de revolução bolchevique. Com o Goulag,




o Pol Pot, a Coreia do Norte, o Fidel ou o mais recente aprendiz de feiticeiro, o Chavez. Por mim, nem Marx, nem Lenin, nem Stalin e Etc, ao contrário dos neoconservadores que por aí pululam, a começar na administração Bush. Por cá o Zé Manel, o Fernandes do Público e o da UE, o Barroso, fora os outros muitos que se conhecem. Simpatias, só pelos Spartakistas e saudades só da velha DDR. Antes Acção Directa à moda deste K'mrd na Finlândia. Nota de rodapé: no Porto, no meio de grande alarido e encenação, prenderam um Salim que dizem trabalhar para o Bin. Aos nossos polícias informo: sou amigo do dito, de amigos do dito, frequentava enquanto tal a sua barbearia onde, por acaso, se discutiam ideias com gente, pouca, que sabia pensar. Para cobardia basta a postura do presidente da Comunidade Islâmica do Porto. Usual, de facto, a cobardia desses líderes islâmicos transportados curiosamente, todos, de Moçambique. Eu não renego ou escondo amizades. Era e é um amigo. Divirtam-se. A primeira imagem, para quem não conhece, acontece, é da velha Rosa. Luxemburg.

12 comentários:

sonia r. disse...

Não digas mal do Chavez que parece andam aí uns indireitas apaixonados por ele. Lol!

Porta-te bem se não o SIS leva-te...ehehehe!!!!
Bjinho.

Alien8 disse...

Um abraço a todos.

Santos R. Queiroz disse...

Caro Pinto Ribeiro,

90 anos, nem fez um século e já morreu há 18 anos. Regozije-se. Nem pense o amigo nesses tais de Chavez nem nessas Coreias do Norte, nem nessas Chinas. Se formos bem a ver, o Fidel e o regime, estão com os pés para a cova, a China é mais capitalista que os EUA e a Coreia do Norte é comunista porque não tem outra maneira de se justificar como ditadura perante a ONU e outras do tipo.
Enfim, já eram.
Agora temos de pensar é em expandir o Nacionalismo. E isso faz-se à custa da derrota deste sistema. Os outros sistemas, já deram cabo deles por nós (se bem que dar cabo de algo como o Comunismo é quase um contra-senso.São eles a avaria...).

Cumprimentos, caro Pinto Ribeiro e restantes companheiros blogosféricos.

contradicoes disse...

O Chávez é um bom rapaz
tem apenas um defeito
mostra que não é capaz
de ver o mal que tem feito

Um abraço do Raul

Eric Blair disse...

Pá, nem sei que te diga compadre.
Um post com conta pés e medida, concerteza.
Espero que estejas a passar melhor.
Continuo a passar por aqui, mas raramente gosto do que vejo. Não o posso recomendar (ao blog, não a ti) a quem me visita. Seria paradoxal. Não que me sinta obriggado a dar explicações, mas antes que me sinta com vontade de o fazer, por tudo.
Um abraço e até um dia destes.
Continuarei, como sempre o fiz, a passar por aqui.
Não costumo deixar rasto, é certo. Por vezes seinto-me mal e saio; não é o confronto que procuro contigo e o conjunto intersecção é um lugar vago, mas existe, não obstante.
Hasta.

LiliS disse...

O puto nórdico até tinha razão!!!
huummm...yah!
eheh
;)

Goulag...grande book (literalmente falando!)

bju bju bju

Opintas/Bernardo Kolbl disse...

Não sei se fiz bem em publicar um comentário (quase) tão pessoal como o do Blair. Resolvi publicar.
O Blair merece-o.
É um Amigo do PR e é gente de bem.
Mesmo nas diferenças respeitamos quem o merece. E ele merece.

Opintas/Bernardo Kolbl disse...

Da DDR temos todos saudades.
Crescentes.
E ninguem nos perguntou se queríamos o actual sistema e sermos engolidos pela merda de Bona.
Um abraço.

vida de vidro disse...

Ó amigo, mas lá porque tu és amigo dos amigos , achas que ele não pode ser amigo do Bin? Isto é só uma hipótese , claro, sei lá eu disso. Acção directa, já sabes a minha opinião.
Desculpa lá só comentar o teu post mas mandam-me cá para baixo... Mas olha que aquele carrinho azul que o Bernardo arranjou é bem giro, ora essa... **

PintoRibeiro disse...

Poder, pode. Mas eu até já começo a desconfiar se o Bin existe...pois.
Ao certo, a estória, mais uma, é estranha, e o Salim um fulano decente.
Militante islâmico? Certamente, se calhar, queira lá isso dizer seja o que for. Na Argélia quem ganhou as eleições foi passado à clandestinidade e classificado de " terrorista ". A história habitual.
Que não gostamos do Bin, não.
O resto...pois. O HAMAS também é terrorista. E agora até os Guardas da Revolução iranianos...lololol.
Um abraço e bfsemana.

Thunder disse...

Vim só desejar um belo dia de S.Martinho!
Beijos.

Susana Barbosa disse...

Boa semana a todos!
Bjs