segunda-feira, 21 de maio de 2007

A arrumar a casa, porque é segunda-feira.

Em primeiro lugar que fique claro que a Senhora Conceição Bernardino, que também tem um blogue, escreve hoje uma carta no jornal sionista destak que só pode ser explicada pela estupidez, pela ignorância de quem fala do que não sabe ou por má fé pura.
A religião xiita ao contrário do que ela escreve, não manda as mulheres serem vendidas ou apedrajadas até à morte. Nem o Islão, apesar das leituras de alguns loucos geralmente sunitas e amigos dos estados unidos.
No caso a que julgo referir-se e que já foi aqui apresentado a mulher morta por lapidação, uma curda, foi-o por se ter convertido ao Islão e por amor querer casar com um muçulmano. A carta é mentirosa e a dita Senhora islamofoba e pouco séria. Haja decência e verdade e já agora não fale do que pelos vistos pouco sabe e preocupe-se com as diversas violências, ( fisícas, psiquicas, sociais ou outras), que tão perto de si neste País tantas outras mulheres sofrem, ou com uma Europa civilizada que reduz dia a dia a dignidade da mulher.

A propósito de ambas as coisas não vou perder muito tempo a responder ou a rebater as "metáforas" de um dito "artista" que sem dar a cara ou o nome continua da forma cobarde, reles e rasca de quem mo tinha avisado há muito a tentar intimidar-me. Já aqui o escrevi que se tem algo a dizer que o publique e o assuma. Insinuações assentes em manipulações, jogos de palavras e imagens que todos conhecem apenas confirmam a merda de "homem" de que esse vendedor é feito. Não se esconda por uma vez em chantagem, noutras pessoas ou num ecrã de um computador.

9 comentários:

sonia r. disse...

Cópia da carta enviada hoje ao Destak.

Exmº. Senhor:

Face a carta publicada no seu jornal de hoje o meu blogue
www.suckandsmile.blogspot.com
respondeu à sua leitora Conceição Bernardino. Agradeço o favor de publicarem a minha resposta.

"Em primeiro lugar que fique claro que a Senhora Conceição Bernardino, que também tem um blogue, escreve hoje uma carta no Jornal sionista Destak que só pode ser explicada pela estupidez, pela ignorância de quem fala do que não sabe ou por má fé pura.

A religião xiita ao contrário do que ela escreve, não manda as mulheres serem vendidas ou apedrajadas até à morte. Nem o Islão, apesar das leituras de alguns loucos geralmente sunitas e amigos dos estados unidos.
No caso a que julgo referir-se e que já foi aqui apresentado a mulher morta por lapidação, uma curda, foi-o por se ter convertido ao Islão e por amor querer casar com um muçulmano. A carta é mentirosa e a dita Senhora islamofoba e pouco séria. Haja decência e verdade. "

Atentamente,
Sónia Ribeiro.

wind disse...

Concordo.
Beijos

kurika disse...

De passagem

...muitos balanços a fechar...

Bjs e Boa Semana

Thunder disse...

Bom dia para todos.
Abraços.

PintoRibeiro disse...

Curioso que vindo ao Porto recentemente uma das primeiras coisas que li num parede foi:
o director do destak é sionista.
Lapidar, lapidar.
O resto é arquivar. Um fdputa ainda o é mais quando é rasca. Reles. Farsante. E cobarde. Nada de novo, portanto.
Bjinho.

Su disse...

ena pá mas esse rasca continua......?
foi promessa...só pode..........
pedras nele......

jocas maradas para todos

Alien8 disse...

Boa semana e um abraço, Sónia R. Outro abraço ao PR.

O Sibarita disse...

Olá! Desculpe, não tecer comentátios sobre sua postagem por não ter entendido direito. Como sou do Brasil (Salvador/Bahia) não estou sabendo dessa discussão.

Obrigado pelas palavras no nosso blogue volte sempre...

abraços
O Sibarita

Flávio Gonçalves disse...

Salam!