domingo, 27 de maio de 2007

O essencial e o acessório.

Lapidar, lapidar, é hoje António Barreto, com a sua lucidez habitual e cada vez mais sózinho, no Público. A ler, obrigatóriamente. Mais do que arrogante ou intolerante, a haver um projecto Sócrates para este país que sempre se preocupou tão pouco com liberdades e democracias, esse é sim, autoritário. A fazer esquecer, já, os piores anos de cavaquismo. As "gaffes" só o são, ( do estalinista Lino e a OTA ao Pinho ), enquanto manobras de diversão para o fundamental, para o objectivo em curso: do controlo de informação às polícias, ( as mesmas que não funcionaram exemplarmente nos casos Rita ou o Rui Pedro mas, " exemplarmente ", divulgam um retrato robot sem rosto um mês depois da miúda inglesa ter desaparecido, lapidar, lapidar, outra vez, uma questão de eficácia e a imprensa estrangeira é que tem culpa da nebulosa que tudo envolve neste pacato e não menos turvo recanto ), aos Charrua e aos novos processos de identificação e dados dos cidadãos, incluindo ( outra vez Barreto ) o novo Bilhete de Identidade. Leiam o artigo e percebam porque raio o já esquecido problema UnI era, repito, era tão importante. A pobreza permanente afecta 50% da nossa população na última década mas ninguêm processa o vereador Sá Fernandes que tanto tem custado aos cidadãos de Lisboa, do túnel do Marquês a mais 6 processos que colocou e perdeu contra a autarquia de Lisboa. Percebem? Eu não. Como percebo que este reino de função pública, subsídios, subsidiários, clientelas, capelinhas e compadrios vai ter o seu apogeu nas eleições para a referida autarquia. Esperem para ver. O último que feche a porta. Se ainda houver. Porta. Imagem de Nathan Coley. Bom resto de domingo e boa semana, que daqui já tenho o que quero e cansado ando eu.

15 comentários:

sonia r. disse...

Mudar tudo para tudo ficar na mesma. Acho que era assim e no caso dos miúdos desaparecidos é precisamente o que se passa.
Bjinho.

as velas ardem ate ao fim disse...

texto magnifico não só pela sua lucidez como pela sua veracidade.

Foi um prazer ler.

bjinhos (tb muito cansada)

wind disse...

Bom resto de domingo.
Beijos

Teresa Durães disse...

gostei do pormenor "o último feche a porta se houver. Porta" ahahahahha


cambada de ladrões! beijos aos dois.

bom fim de semana

vida de vidro disse...

Caramba, desta vez conseguiste que te desse razão em quase tudo. :)
Acho que deve mesmo ser porque este país está cada vez pior... **

MEU DOCE AMOR disse...

Bom Domingo.O problema é haver tanta apetência pelo "acessório".Por vezes foge-nos(a quase todos)o que realmente é essencial.

Beijinho doce e bom descanso.

Thunder disse...

Abraços.
Ultimamente ando sem tempo para ler os posts com atenção.
Fiquem bem.

A. João Soares disse...

Gosto desta sua boa fotografia da actualidade.
Agradeço a visita e o comentário no Do Mirante. Espero que possa sentir prazer em voltar que eu prometo esforçar-me para colocar textos novos todos os dias.

Um abraço

Susana Barbosa disse...

Mudar mentalidades é uma emergência!
Boa semana
Bja

Diogo disse...

Benvindos à segunda emissão da TV Blogo:

Confirmaram-se, infelizmente, os piores receios de Almeida Santos quanto à possibilidade de um atentado às pontes sobre o Tejo no caso da construção de um novo aeroporto na margem sul do rio. Num comunicado, colocado há pouco na Internet, Ayman al-Zawahiri, o número 2 da Al-Qaeda, ameaça fazer explodir as pontes caso seja essa a opção do governo Sócrates.

Também nos Estados Unidos, Jon Stewart do Daily Show traz-nos a notícia de mais um atentado falhado de seis islamitas radicais contra um quartel americano. Ao que parece, os terroristas não sabiam que, na América, os quartéis são os locais onde são guardadas a maior parte das armas e onde estão as pessoas treinadas para as usar.

Vídeo - 5:43m

Eric Blair disse...

e pato!
Tenho dito.

MEU DOCE AMOR disse...

Bom dia e um beijinho

Menina_marota disse...

Gosto de te ler. Eu também não percebo muita coisa... mas agora não vou falar de política.
Deixo um bj e que tenhas uma boa semana ;)

Rosario Andrade disse...

...país de faz de conta. O nosso.

Bjicos

Teresa Durães disse...

a desejar uma boa noite
beijos