quinta-feira, 1 de fevereiro de 2007

Da prevalência do significante sobre o significado


escreveu Lacan, ( felizmente parece que personagem de esquerda ), e daí chegou aos mitemas, ( com Freud e Lévi-Strauss pela mão ), e, logo depois, algures, aos sintomas da neurose obsessiva que parece insistir em escapar a muitos. Abreviando, claro, e procurando fugir ao ruído que tenta, com desespero, enterrar Kierkegaard no seu " la ética es lo general ". Incómodo o ter de olhar o espelho. Olhar-mo-nos. Uma quase solidão pura de onde voltamos, muitas vezes, sem nada ter encontrado. Hoje lembrei-me de Proust e, como ele, gostava de ao morrer ser velado por livros. Outros não terão essa sorte. Serão mortos, simplesmente. Haverá sempre leis para escudar a cobardia e as consciências. De Ti preciso e só de Ti, escreveu Emre, o sufi. Eu voto NÃO no dia 11.

10 comentários:

sonia r. disse...

Um verdadeiro puzzle de xadrez, mas que diz muito se o conseguirmos ler. Bjinho.

Su disse...

mta filsofia menino sábio..mas gostei de ler as entrelinhas e ....nas linhas


jocas maradas

wind disse...

Eu voto sim e tenho razões para isso, mas respeito a tua opinião.
beijos

vida de vidro disse...

É sempre incómodo olhar-mo-nos ao espelho. Porque ninguém pode reclamar esse estatuto de ser ético em tudo o que faz. E garanto-te que as pessoas atingidas por essa questão que vai estar em causa no dia 11, decidem-se por razões muito mais terra a terra.
Eu tenho a minha opinião formada há muito tempo: considerando que a despenalização é uma questão de respeito pelas mulheres e de defesa do direito de toda e qualquer criança nascer no seio duma família que a deseja, eu voto SIM. Mas desejo que venha um tempo em que nenhum aborto seja necessário. **

Just an ordinary girl disse...

Eu voto SIM, pq sei que nem rodeadas de livros ou outras coisas belas, fazem com que algumas vidas valham.

Um beijo, Sérgio.

as velas ardem ate ao fim disse...

Incómodo o ter de olhar o espelho. Olharmo-nos. Uma quase solidão pura de onde voltamos, muitas vezes, sem nada ter encontrado.

faço tuas as minhas palavras e como aui neste blogge pevalece o respeito pelas opinioes de cada um, apesar de as vezes algumas pessoas que aqui vos vêm visitar, não perceberem..Eu voto SIM!


bjinhos

off disse...

e eu sim!

sea disse...

Eu voto SIM.
b.dia

Thunder disse...

Eu voto SIM.Bomfim-de-semana.

Opintas/Bernardo disse...

Um post que só ao de leve fala no crime do Aborto mas soltou a intolerância de tantos. Porra, eu voto NÃO!