quarta-feira, 18 de julho de 2007

A curiosidade matou o gato e o Suck não entra em correntes. Mas,

assim como assim, a pedido, aí fica. Na mesinha de cabeceira, o Sagrado Corão, a Bíblia,
e no momento, Andreas de Hugo Von Hofmannsthal, A Felicidade de Séneca, Responsabilidade e Juízo de Hannah Arendt e Amores de Ovidio. A rodarem na aparelhagem, Year Zero dos Nine Inch Nails, SoundofSilver dos LCDSoundSystem, Idealism dos Digitalism, Return To Cookie Mountain dos TV on the Radio, 23 de Blonde RedHead e Gulag Orkestar dos Beirut. Não passo a ninguêm mas, quem quiser que deixe ou post as suas. Leituras e preferências. Os outros, sigam, que o tempo de antena acabou.

9 comentários:

poca disse...

na mesa de cabeçeira tenho muitos. sou de ler vários ao mesmo tempo.
curiosidade sim, de saber o que lá se passa:
José Eduardo Agualusa "O ano em que zumbi tomou o rio"
Alice Sebold "Sorte"
Roberto Corte "Dissonâncias"
António Alçada Baptista "O tecido do Outono"
Samuel Becket "últimos trabalhos"
Ariel dorfman "the death and teh maiden"
Rainer Werner Fassbinder "As lágrimas amargas de Petra Von kant"

na aparelhagem neste momento, Jane Birkin.

beijinhos

Thunder disse...

Neste momento não ando a ler nada porque ando sem vontade...mas sexta-feira entro em férias e pode ser que a vontade surja.

Beijos.

Opintas/Bernardo Kolbl disse...

Vim ver Komrad.
Livros hoje só o Mein Kampf.
18 de Junho, 1925.
Abraço e vamos com calma.

Opintas/Bernardo Kolbl disse...

( enfiei + 1 imagem ).

Su disse...

eu tenho uma resma na mesa de cabeçeira.................mas ando a ficar loira.............até hoje só vi as capas....eheheh
gostei de te saber .....sempre atento...............sempre sábio:)
jocas maradas

MEU DOCE AMOR disse...

E tempo? Até pode haver mas disposição...pode ser que agora.

Beijos

contradicoes disse...

Como sou viciado na blogosfera desde que a ela aderi, já lá vão quase 5 anos, deixei de ter tempo para ler qualquer outra coisa que não seja blogs, imprensa internacional para me inteirar das notícias antes de as conhecer tardiamente passadas pelas televisões. Um abraço do Raul

Flávio Gonçalves disse...

Grato tovarish.

poca disse...

entretanto já li o alçada baptista e o the death and the maiden..
aconselho.