sábado, 10 de março de 2007

Bom fim de uma semana onde não faltou demagogia, mentira e arrogância.

Um ministro, Correia de Campos, que por causa da evidente falta de dinheiro e do colapso do Serviço Nacional de Saúde, impõe fecho de urgências, ignora idosos, necessidades primárias e um Interior cada vez mais abandonado. Não que o dinheiro afinal não exista. O Aborto foi legalizado e pago com o dinheiro dos contribuintes, o meu, vai ser feito no Privado. A Lei, essa veio provar tudo o que de muito mau se previa no voto pelo Sim. Acompanhamento e não Aconselhamento e só feito por médicos e técnicos que defendam o Aborto. As menores parece devem poder dispensar a opnião e a autorização dos pais. Nesta questão como em tudo estamos cada vez mais longe da Europa. A seguir, com sorte, vêm os casamentos gay, as aulas obrigatórias de Educação Sexual, sem se saber quem as dá, como as dá ou que valores irá transmitir. O Bloco já agora podia ler os jornais e aproveitando o caso alemão legalizar o incesto. Lá vamos cantando e rindo.

19 comentários:

wind disse...

Claro que neste post discordo em tudo de ti.lololol
Mas também é natural:)
Beijos e bom fim de semana*

PR disse...

Curioso vai ser assistir ao contorcionismo do labrego de Boliqueime, aka, Cavaco. E, quem puder, leia a reportagem hoje no Sol sobre o nosso 1º. Tiques preocupantes, personalidade estranha...
Bjinho.

Su disse...

boa noite

jocas maradas

Alisson da Hora disse...

bem, cada vez mais, vejo o mundo sendo nivelado pelo nível da mediocridade...Pobre Nietzsche...

poca disse...

bom domingo.. bjinho

vida de vidro disse...

Eu só concordo com a primeira frase! :))**

un dress disse...

mediocridade...

que fazer quando tudo arde?

bom dia...

Opintas/Bernardo disse...

Faz-se uma festa. O problema é que geralmente é só fumaça e falta de kulhões. Nada que umas ripadas não resolvam.
Bom domingo pois que está sol. Haja fogo, olaré.

isabel mendes ferreira disse...

O costume....


______________



bom domingo. então...

Opintas/Bernardo disse...

Que honra!!! Boa tarde minha Senhora. Venham PARDAIS e cantem que eu vou ver o mar e passear a Matosinhos.

o alquimista disse...

Obrigado pela visita, foi uma hora. aqui voltarei...


abraço

PR disse...

Tu por aqui? Depois de tudo? Vergonha na cara não tens. Olha: não voltes que não entras.

sonia r. disse...

Ó alquimista deve estar enganado. Eu não costumo visitar o seu blogue quanto mais comentar!
Agradeço que não volte aqui. A partir de agora não publicarei mais nenhum comentário seu aqui.

Thunder disse...

Apesar de concordar com o aborto, não acho correcto fecharem-se postos de saúde e, por outro lado, poder-se fazer o aborto em hospitais públicos. Concordo com o aborto, mas não sendo um caso de malformação do feto, problemas de saúde da mãe ou violação, acho que quem quissesse fazer um aborto tem de pagar...não digo uma quantidade exorbitante, mas alguma coisa!!!

Isto vai mal!


Bjs.

o alquimista disse...

Opintas/Bernardo said...
Pronto, é a vida.

7:19 AM
Este comentário foi-me colocado no meu espaço, por isso vergonha acho deveria serb vocês a ter...

Oiça lá meu grande anormal, não era minha intensão nem pouco mais ou menos visitar espaços de anormais armados em asnos a macaquear pela blogoesfera, tampouco sabia que a anormalidade tinha o nome de pintas, apenas me limitei a ser gentil a quem me visita que é coisa que você naturalmente não sabe o que é. Devo dizer-lhe que existe uma grande diferença entre pessoas com nivel normal de educação, digo normal e rafeiros que curiosamante adoptam a imagem de cães, coitados dos cães que não o mereciam... Quanto aos adjectivos com que me brindou em alguns comentários anteriores devo dizer-lhe que a liguajem usada demonstra claramente a porcaria de gente que vocês são...por tudo isso meu caro rafeiro abstenha-se de andar por aí a chatear pessoas sérias e com nivel e educação e remeta-se à sua venenosa pocilga...onde é servido o nazismo a todas as refeições...

PS: Naturalmente não lhe darei mais resposta, terei todo o cuidado doravante com pintas, cães rafeiros e ordinárias que me entrem no meu espaço.

PR disse...

Alquimista: . E pronto. Tudo o ke kiseres mas aqui não entras e kem cá veio foste tu. Factos são factos. Nem entro em debate outra vez contigo. A merda babosa que rabiscas no teu blogue mostra quem és. Um punheteiro muito raska. Não por acaso, tu, ke nem kulhões tens para assinares com nome próprio, vens a um post da Sónia e não foste ao Opintas que vai onde lhe apetecer. Eu não sou polícia e tu podes apagar kem kiseres no teu blogue. A mim e à Sónia não nos encontras no teu bordel. Vai para o KARALHO e pira-te de vez. . Ponto. Final.

PR disse...

A propósito: não é um rafeiro. É um cão de ataque. Um pitbull. De cara ao léu, sem nick's cobardes. Aparece e vê quem morde...

Opintas/Bernardo disse...

Alquimista: estalou-te o verniz paulo coelho em roupagem pindérica new-age. Não é a primeira vez. ès um caso realmente, um daqueles que fede na blogo. Deves ter um problema não resolvido com a tua mãe para vires aqui chamar a Sónia de ordinária. És um triste. Um merdas. Por acaso não és uma prioridade minha e sabes esconder-te bem no nick e atrás do pc. Mas era engraçado dizeres quem és e todos sabermos o infeliz que se esconde em ti. Agora não sendo uma prioridade não estás, como muitos outros por aqui, esquecido. São freaks como tu que dão mau nome a isto. Aparece que quando eu resolver uma sova valente que tenho preparada para o PEIDOVIRTUAL também posso tratar de ti. Cara a cara, de homem para homem, mesmo sabendo que pouco ou nada o és. Ficas esclarecido que já agora, isto já cansa, nacional-socialista podia ser eu. O meu primo é mais situacionista de direita. E a mulher, a Sónia, uma conservadora liberal. Não venhas com chavões de esquerda e rótulos que não nos incomodam para esconder a tua gritante nulidade intelectual e a merda de que és feito. Vai à merda. Preto no branco, que gostamos pouco de politicamente correcto e de ambientes cordiais na net com gentalha que desprezamos.

Opintas/Bernardo disse...

O Bagão Félix assina hoje no Público uma coluna brilhante a propósito da Lei do Aborto. Se puderes lê.
Abraço.