quinta-feira, 15 de março de 2007

Open up. ( Full vocal mix, Lydon, 1993 ).

Começe-se pelo princípio. Em festa os blogonautas Kultos porque um gajo que escreve muito bem mas não se consegue ler nem perceber ganhou um prémio. No Público como sempre, a verborreia da sionista Mucznick porque israel, a ENTIDADE SIONISTA, é o país mais detestado na Europa. Sinal de que nem tudo está perdido. A falar a breve prazo em hollywood, aparelho ideológico de Estado, a ser usado como arma de catequização bushiana contra a Pérsia, República Islâmica do Irão, onde por acaso se faz Grande Cinema não tutelado pela ideologia do Estado. De ontem, o meu post, anoto que já não existe realmente qualquer espécie de divisão ideológica nos partidos pós pós modernistas e burgueses da democracia parlamentar. Mais. Não existem combates ideológicos mas amenas controvérsias culturais onde as conclusões podem ser diferentes mas o seu valor é semelhante. Esta a grande vitória do capitalismo globalizante ancorado nas bandeiras eskerdalhas dos " blocos " que para aí navegam. Eis o " espectáculo anémico " onde a finalidade última da existência se resume a uma feliz vidinha hedonista. ( Zizek ). Em sentido contrário mantenho-me eu. Ao reactivo, posição dominante, prefiro o Agir e combater pela repolitização radical da Sociedade. Essa é a tal Direita Revolucionária, fora de moda, combatida pelo Poder e arredores, impedida de se manifestar e opinar.

8 comentários:

alice disse...

não fugi, não senhora. simpatizo consigo desde o início. repare. eu só não venho mais vezes. porque os temas são muito específicos. e não sei comentá-los. mas agradeço toda a atenção e comentários. por favor não interprete nunca outra coisa. e tenha um bom dia e muita saúde. acho que com 22 anos não é dificil mas custa-me a acreditar... ;)))))

alice disse...

não tenho a certeza se o meu comentário entrou ou não... :((((

alice disse...

este entrou e portanto vou repetir o anterior: dizia eu que só não venho mais vezes por escrito pois não sei comentar os temas que vai publicando. mas sempre simpatizei consigo. e saiba que agradeço toda a atenção e comentários que me dirigiu. desejo-lhe muita saúde, o que aos 22 anos não deve ser árdua tarefa, embora me custe a acreditar em tão tenra idade ;)))))

beijinhos

Opintas/Bernardo disse...

Veja lá se com essa de me achar tenrinho ainda a Menina me morde...lololol. Bom dia e um abraço, apareça sempre.

Tuche disse...

Acho que sim!!

Beijocas :)

PR disse...

300 é realmente um filme de PROPAGANDA, refinada, sionista, uma provocação islamófoba imbecil.
Abraço.

sonia r. disse...

Tu e nós todos aqui no blogue.
Boa tarde Bernardo.

Su disse...

menino....começe.se pelo principio.....

gostei de ler.te....em todos os sentidos:)

ops eu ando a ficar traumatizada com os blokos,...qq dia viro mulher bomba.............
tenho dito


jocas maradas