quinta-feira, 15 de março de 2007


O País que se tem comovido sem razão com o sargento Gomes não se comoveu felizmente com a sorte da mulher que raptou a bebé de Cernadelo. Também neste caso parece que mais atento esteve o Tribunal que com a Segurança Social tem que gerir a situação. Não consigo perceber o silêncio de quase todos face a uma situação que sendo correcta, a de entregar a criança aos seus verdadeiros pais, parece não querer ver o que todos vimos nos telejornais ou no show de ontem da mãe da menina, no Sic-10 horas de Fátima Lopes, à mesma hora que devia estar em casa a receber a filha. Esta criança vai viver um período traumatizante no seio de uma família que tudo indica ser desestruturada e de risco. A Comissão de Protecção de Crianças tem registada esta família desde 2001, tendo inclusivamente retirada 2 filhas a este casal, por negligência. Estranha a opinião pública em Portugal e bem clara a manipulação a que estamos sujeitos.

15 comentários:

PR disse...

Pegando no poeta, viver neste país ( também ) cansa. ( E a propósito, para os distraídos ou os que se fazem, ler o nº 52 do Acórdão do Tribunal Constitucional 288/98 nos pressupostos exígiveis à autorização sobre o Referendo do Aborto e ver a Lei que saiu ). Manipulações...mais. Este caso, o do post, coloca questões cada vez mais terríveis neste país. Bjinho.

Ivo disse...

Há coisas que.... neste país, julgo que se fazem para não serem percebidas!!

porque se fossem para tal... não seriam assim! Digo eu!!

Teresa Durães disse...

Não assisti soube por acaso, não tenho andado a par de nada.

Boa tarde, beijos aos dois

Thunder disse...

Pois, não sei se a menina vai ficar melhor do que estava!

Micas disse...

Tenho seguido mais ou menos este caso. Tenho a mesma opinião que tu depois de assistir às reportagens nos noticiários. É evidente que a criança deve ser entregue aos pais biológicos, mas trata-se do bem-estar físico e psicológico de um inocente e como tal o processo de entrega deveria ser gradual até para analisar as condições de acolhimento por parte da familia biológica e de integração da própria criança no seio da nova familia. Na minha opinião parece-me uma entrega bastante prematura. Vamos ver o que reserva o futuro a esta criança e quem serão os proximos a ser culpados de negligência.
E já agora, não existem berçarios nos hospitais portugueses, onde as mães possam deixar os bébés em segurança na companhia de enfermeiras, sempre que seja necessário ausentarem-se por qualquer motivo?? Onde deixam os bébés quando vão tomar banho ou fazer as refeições?? Para mim esta questão ainda é a mais preocupante...
Abraço

wind disse...

Olha que esse assunto também foi abordado no noticiário da noite na SIC.
Beijos

Su disse...

pr......menino...tu queres que a malta aqui leia a cosntituição para stressar........e desatar a comprar balas????


em relação à familia biologica.....ops...feios, porcos e maus.....os outros não sei...mas acho que a tara é imensa....enfimm

sou contra.,,,,,,,,,,,


ok.marei....tb já fazia tempo que não capotava.........

jocas menina sonia/terna e menino pr/sábio e ainda para o menino/ratelho/esperto/contra o bloko----ops ele ganhou em adjectivos adereços e afins...........

jocas maradas ~~~~~~~~~~~~

Susana Barbosa disse...

Sónia, Sérgio e Bernardo, peço desculpa, não tenho aparecido mesmo por falta de tempo.Este ano começou para mim complicado... Beijinhos aos três e obrigada pelas vossas visitas. Até sempre!

Obs:Sem dúvida que estou de acordo contigo, Sónia.

Susana Barbosa disse...

Deixei um comentário, que agora não sei se ficou gravado ou não...
Boa noite. Bjinhos

Susana Barbosa disse...

Que maçada... já não percebo nada! Peço desculpa se os meus comentários não tiverem tido sequência.
Bjs

Opintas/Bernardo disse...

Vou pela Su.
Freaks. Porcos, feios e maus.
( Felizmente que a PJ já preparou a pesca e a moldura penal para os parasitas desta coisa da blogosfera. Os habituais que se cuidem. Começem a ver para acreditar. A propósito. Recepccionar ou entrar ou utilizar telefones de terceiros TAMBÉM é crime. Venham lá os anónimos e a merda com eles ).

O poste inquieta Sónia mas começa a ser demasiado inquietante muita coisa neste país. Até um ministro da Administração Interna que tem tempo para blogar e comentar comentários...

Um abraço.

Eric Blair disse...

Fónix, espantosamente penso igual.

tb disse...

abraço. Bfs

Luís Galego disse...

aplaudo este post...

as velas ardem ate ao fim disse...

Quando hoje li, o mesmo que escreveste numa publicaçao, apenas pensei...que país este em que vivemos.Senti me triste pelas nossas crianças.

Como diz o povo lavar a cabeça a burros e serventia de sabão.

Obrigada pela tua consciência aqui refletida neste texto.

bjos e bfs