quarta-feira, 28 de março de 2007

Well hast thou fought the better fight,


não a Bíblia mas o Milton de Paradise Lost. Será dos anos este escavar de baús e memórias que me traz a errar entre o " amor não ", aí onde se cai ou firma. ( Milton, ainda ). O silêncio, rasgo-o nas explosões jubilosas de Lou Reed em Street Hassle, ( 1978 ). Breves e fugazes instantes onde aclamo o vento e limpo a Treva que me abraça a carne feita ódio e arrogância, de entranhas em fogo, incandescente, de quem sabe que só a dor perdura. Será isto, também, a felicidade. A lembrar a Serpente do Céu, expulsa por entre o fragor da inveja e da vingança. Honra só no combate. E na morte.


7 comentários:

vida de vidro disse...

Honra na vida, não? Na simples vida do dia a dia? É a mais difícil de viver. **

Just an ordinary girl disse...

Gostei do comentario da Vida de vidro!

Beijos, para todos daqui.
Ando um pouco ausente apenas por causa de um tremendo cansaço que um dia destes me irá passar.

Thunder disse...

"Será isto, também, a felicidade."
O que é a felicidade? Pulsações de bons momentos intercalados com outros menos bons!
Honra? Já é algo muito raro!!!
Boa noite.

Su disse...

ops não li atenta.mente.
..confesso.....
passo para deixar uma joca e para dizer q estou atrasada para o trab...........

jocas maradas

as velas ardem ate ao fim disse...

Simplemente divino PR este teu texto.

bjinhos

sonia r. disse...

Onde está a Honra hoje em dia?
Bjinho.

Opintas/Bernardo disse...

Foste ao ponto.