terça-feira, 27 de março de 2007

Um pedido de desculpas ao Cardeal Radtzinger.

Não sou católica, mas não esqueço as gargalhadas que correram na blogosfera a propósito de declarações do Papa sobre os perigos da Net. O próprio PR alinhou nos ataques a Radtzinger. Passou o tempo e aos poucos factos e novos dados surgem dia a dia na imprensa, agora sem provocar naturalmente reacções. Aqui os deixo registados deixando as conclusões a quem ler. Os que agora falam são infelizmente insuspeitos.

Odete Ferreira, cientista investigadora do HIV2, ex-coordenadora da C. N. Luta contra a Sida, em entrevista diz muito cuidadosamente o que se procura evitar dizer. O preservativo ajuda, mas não evita no limite o contágio, para o qual apenas uma nova conduta sexual tem solução. A Castidade, no sentido que a Igreja lhe dá.

Um relatório recente do Centro Europeu Controlo Prevenção de Doenças informa que Portugal lidera nos diagnósticos positivos e é liderado pelo grupo dos heteresexuais. O actual responsável do C. N. Infecção da Sida, Henrique de Barros, aponta como principal factor actual de risco, a Internet.

5 comentários:

PR disse...

No dia em que o País labrego e beato elegeu o beato de santa comba, a Democracia no seu máximo esplendor neste país de pequeninos. Ao Radtzinger, mea culpa, mea culpa. Já lá tinha chegado, como lês no meu post anterior, mas ainda não tinha percebido o que para aí vai de tarados, analfabetos, perturbados e frustados.
Bjinho.

as velas ardem ate ao fim disse...

Acredito que seja, porque também li as declarações de Odete Ferreira mas é humanamente impossivel.

Infelizmente não consigo concordar...concordo sim com novas condutas ..mas para isso teriamos todos que pensar nisso.

Como spre excelente post.

bjinhos S

Opintas/Bernardo disse...

Claro que o Alemão tem razão. Dois postes no ponto mas amanhã post eu. Se dúvidas houvesse a ausência de punheteiros e dos políticamente correctos de eskerda que por aqui param falam por si. A realidade é crua e dói. Em especial aos "virtuais" da caca. Com arte & erotismo & puesia, lololol!
Nem com burkas escondem a mediocridade das vidas tristes e medíocres que levam, com bananas ou sem bananas, sustentados pelas mulheres enquanto flauteiam arte pela net, vendedores de meia tigela que nem escrever sabem. A SIDA é o CASTIGO DIVINO, e um abençoado Castigo que talvez nos livre da maioria deste manicómio. Mas amanhã escrevo.
Abraço Sónia.

MEU DOCE AMOR disse...

Gosto muito de bananas...verdadeiras,mas fazem obstipação... :)))

Beijinho doce

poca disse...

pois eu de papas não percebo muito.. já me deixei disso em miúda..
há tanta coisa com que não concordo, mas sinto que a minha opinião não tem grande peso.. ou porque não as digo com confiança ou porque ainda me vêm como uma miúda (o que aos 30 até acho um elogio ;P)

já em relação às igrejas acho que tem muito de politica.. e eu nisso não me meto.. deixo para quem percebe..

em relação às doenças e às condutas que as originam.. por muito que se fale e que se diga.. os números falam por si.. e que as há, há.

há também que repensar muita coisa.. mudar muita coisa.. se cada um fizesse a sua parte talvez chegassemos a algum lado.. mas cada um por todos e não cada um por si como o que se tem visto..

beijinho e boa noite (ou bom dia!)